Navbar
Tudo BH
15 de agosto, 2016 | Autor(a): Graziella Gianinni

Você recebe amor do seu semelhante?

photo-1461621569646-e5e3ee6bc170

Quantas vezes somos agraciados pelo o amor do próximo? Você já parou para pensar a respeito? Assim como sentimos o vento e não o vemos, temos certeza que em diversas vezes recebemos a caridade, o carinho, o afeto do próximo. Muitas vezes até de um desconhecido.

Somos todos bombardeados diariamente com a pressa, a maldade, a grosseria, a rispidez, e, qualquer outra coisa ruim que tenha pensado enquanto lê este texto, mas… Já parou para pensar no oposto?

Quantas vezes recebemos um sorriso na rua? Ou alguns elogios até… Já recebemos ajuda ao oferecerem para carregarem nossa bolsa nos coletivos, ou para passarmos na frente de alguém na fila… Recebemos afeto na mesma medida, ou melhor, arrisco a dizer que recebemos mais afeto do que os bombardeios ruins.

Ainda que seu mundo seja paralelo e você não consegue perceber isso, que tal começar a oferecer isso ao seu redor?
Ofereça sorrisos ao invés de resmungos, ofereça um ombro a um amigo que precisa, divida seu lanche com quem esqueceu em casa, dê aquele passinho para o lado nos ônibus, dê a preferência no trânsito, nas filas… Ofereça amor e certamente começará a recebê-lo de volta.

Perceba que como uma brisa suave, você terá o retorno de suas ações de coração aberto e com elas, certamente o seu coração vai se tornar um lugar mais amplo e repleto de amor.
Ofereça apenas o que quer de volta, e, embora digam que o amor não pede nada em troca, eu afirmo que não é verdade. O amor só pede amor em troca. Na mesma medida, no mesmo volume.

Ofereça a caridade de coração limpo, transparente, livre… Ofereça a qualquer um que você compreenda que precisa. Não deixe passar uma oportunidade sequer. Aproveite para descobrir um mundo inteiro e novo. Um mundo mais colorido, e que certamente vai te fazer construir um caminho apenas de ida. Confie!

Comentários