Navbar
Tudo BH
5 de junho, 2017 | Autor(a): Agência Brasil

Toyota fará recall do Corolla para substituir cinto de segurança traseiro

Toyota anuncia recall dos modelos fabricados entre 20 de dezembro de 2016 e 24 de janeiro de 2017

Os proprietários de modelos Corolla fabricados entre 20 de dezembro do ano passado e 24 de janeiro deste ano, da marca Toyota, devem agendar recall nas concessionárias a partir de 19 de junho, para substituição do conjunto de ancoragem do cinto de segurança traseiro do lado direito dos veículos.

No comunicado, a empresa informa a desconformidade técnica na peça de ancoragem do cinto, que tem marca de estampagem irregular, podendo não atender às normas brasileiras de segurança. Em consequência do defeito, há risco de rompimento da peça, com possíveis danos físicos ao passageiro que estiver usando o cinto e aos demais ocupantes do carro.

Para agendamento, identificação dos chassis envolvidos e mais informações, a Toyota disponibiliza o telefone 0800 703 0206 e o site www.toyota.com.br/recall

Este é o quinto chamamento de empresas para fazer recall em menos de um mês. No último dia 30, as marcas BMW e Ford anunciaram o mesmo procedimento. A BMW convocou os proprietários dos modelos X1 sDrive18i, X1 sDrive20i GP, X1 sDrive20i X Line e X1 xDrive25i Sport, fabricados entre 2 de setembro de 2016 e 13 de março de 2017, a agendarem a verificação do revestimento do painel dianteiro.

A Ford chamou os proprietários dos modelos Troller T4 2015 e 2016, produzidos entre 26 de maio de 2014 até 27 de maio de 2016, para fazer a substituição da tubulação do freio dianteiro do lado direito.

No dia 23 de maio, a GM convocou os proprietários dos veículos da marca Chevrolet Ônix Joy modelo 2017, com data de fabricação entre 27 e 31 de março de 2017, para uma eventual substituição dos pneus do veículo.

Já a Fiat Chrysler convocou os proprietários dos veículos FIAT Bravo, Doblò, Doblò Furgão, Fiorino, Grand Siena, Idea, Linea, Novo Palio, Palio Fire, Palio Weekend, Siena, Strada e Uno, ano/modelo 2016 e 2017, todas as versões, para agendarem visita à concessionárias para que fazer a análise, verificação e, se necessário, a substituição gratuita do alternador dos carros.

Comentários