23 de janeiro, 2018 | Autor(a): Redação TUDO BH

Semi & novos

Foto: Divulgação

Veloster: três portas e nova roupagem

Com a chegada do Salão de Detroit (Naias), veio o esperado momento de acabar com todo o mistério e revelar a mais nova geração de um dos modelos mais falados dos últimos anos, o Hyundai Veloster. O cupê de três portas provoca emoções extremas: ou é amado ou odiado. Virou coqueluche entre a turma da customização mas, também, objeto de memes e brincadeiras.
O Veloster 2019 manteve o jeitão, mas trocou as linhas arredondadas pelas quinas e ângulos. Na dianteira, no entanto, perdeu boa parte da personalidade. A traseira manteve intacto o DNA, com as saídas centrais dos escapamentos e o recorte característico da tampa do porta-malas.
No mercado norte-americano, duas motorizações serão oferecidas: o 2.0 quatro cilindros NU de 147 cavalos, acoplado a uma caixa manual de seis marchas ou a uma automática de sete; e o 1.6 quatro cilindros turbo Gamma de 201 cavalos com função overboost na versão Turbo. Que conta, aliás, com barras estabilizadoras na dianteira e na traseira; rodas aro 18 e amortecedores traseiros a gás para reforçar o caráter esportivo.
Quem achar pouco terá a opção do Veloster N – a letra define os modelos que passam pela personalização do departamento de alta performance da Hyundai. Nesse caso, o cupê recebe um 2.0 turbo de 275cv, diferencial de deslizamento limitado, controle eletrônico das suspensões; rodas aro 19 e uma generosa asa traseira para ajudar a grudá-lo no asfalto. Por lá, as vendas têm início previsto para o segundo trimestre.

Comentários