24 de novembro, 2017 | Autor(a): Redação TUDO BH

Saúde no peso ideal

 Foto: Pedro Vilela / Agencia i7

 Foto: Pedro Vilela / Agencia i7

Lojas de produtos naturais a granel ganham confiança e facilitam a dieta do mineiro

Elas foram chegando devagar, reconquistando um espaço que estava restrito ao Mercado Central e agora trazem para os bairros uma antiga tradição do comércio – os armazéns e empórios, com seus produtos expostos em potes de vidro ou de plástico, que são pesados na hora, do feijão ao tempero. Neste ano, Belo Horizonte ganhou algumas destas lojas especializadas em venda de alimentos orgânicos a granel, que têm atraído um público cada vez mais preocupado com a saúde. Com a vantagem de o cliente levar a quantidade que quiser, podendo variar nos produtos.

 

Castanhas de caju e do Pará, nozes, frutas cristalizadas, temperos, ervas, chás, especiarias e, principalmente, grãos são as opções que mais despertam o interesse do público. Acondicionados em dispensers, os produtos da loja Bio Mundo, no bairro Mangabeiras, inaugurada em outubro, são de encher os olhos. Fernanda Galizzi, proprietária da franquia em BH, explica que trabalha com três setores – granel, prateleira (sem lactose, sem açúcar ou sem glúten) e suplementos, num total estimado de 200 itens. Além das tradicionais castanhas e frutas secas, têm muita saída a goiaba desidratada, a amêndoa defumada (ótima como aperitivo) e temperos como o orégano com tomate e fumaça em pó.

 

Na Savassi, duas outras lojas desta modalidade de comércio também conquistaram moradores próximos e de bairros vizinhos. Frutas desidratadas, chás, ervas medicinais, temperos, especiarias e farinhas funcionais têm boa procura na Empório Grão Mercado a Granel, um espaço aberto em janeiro com decoração que lembra antigas quitandas, até mesmo nas balanças. A poucos quarteirões está a franqueada Sr. a Granel, aberta em setembro, com quase 800 opções de produtos de prateleira, suplementos e a granel que incluem alimentos integrais, orgânicos, light, diet, chás, temperos, aperitivos e guloseimas saudáveis. Destaque para a farinha de amêndoa, chia, sal do Himalaia (tem menos sódio) e sementes de abóbora, além de Whey Protein a granel.

 

O nutricionista Rafael Teixeira de Mattos, professor-doutor da Faculdade de Minas (Faminas-BH), explica que hoje vida saudável é uma tendência devido ao aumento das doenças crônicas não transmissíveis – diabetes, hipertensão, obesidade -, que matam mais que acidente de trânsito. A questão da alimentação saudável tem de ser baseada no equilíbrio, priorizando os alimentos naturais sempre porque não sofrem processamentos, não têm aditivos. O segredo, segundo o nutricionista, é a moderação. “Alimentação saudável tem de ser associada ao prazer de se alimentar. A partir do momento que você percebe que está sendo uma tortura, pode ter certeza que tem alguma coisa errada. Hoje o que mais leva uma pessoa a abandonar uma educação nutricional é a monotonia dietética. As dietas muito restritivas acabam dificultando sua manutenção, porque perder peso não é uma meta difícil. O difícil é manter a perda do peso. Ou seja, sustentar um plano alimentar equilibrado, variado, para que aquilo se torne realmente um estilo de vida”, afirmou.

 

A pedagoga Lidiane Castro Novaes é consumidora fiel de produtos a granel, comprados toda semana, e que compõem sua dieta balanceada. “Além de eles estarem sempre bem novinhos, a gente consegue ter um custo benefício melhor”. Há algum tempo, ela decidiu ter uma vida saudável e fitness associada à atividade física diária na academia. “Eu não sofro para comer o que está na minha dieta, eu como com prazer, porque eu gosto e principalmente me organiza. Eu não consigo viver sem uma direta. Não é difícil e eu tenho um profissional que me auxilia diariamente com minha alimentação”.

 

A oftalmologista Taiane Nunes Barcellos sempre teve cuidado em manter o peso e nos últimos anos adotou também uma alimentação mais natural com orientação de uma nutróloga. Mas admite não ser fácil ter disciplina de manter um controle diário. “Geralmente tento me regrar mais durante a semana para ter algum dia no fim de semana mais livre para fugir da dieta. Tenho o costume de comprar produtos naturais a granel por serem mais frescos e naturais, sem conservantes, e permitirem na quantidade ideal para minha necessidade.”

 

 

Comentários