19 de junho, 2017 | Autor(a): Guilherme Aroeira

Ronaldo Scucato

Pedro Vilela / Agencia i7

Ronaldo Scucato é o presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg), órgão de representação política, sindical-patronal e de defesa do cooperativismo no estado de Minas Gerais.

Nascido na capital, Scucato viu Belo Horizonte crescer e se tornar o que é hoje, sem nunca ter deixado a cidade, como destaca. “Tive muitas oportunidades de sair e atuar fora, mas rejeitei todas. Acho BH fantástica, dotada de uma luminosidade intensa, um clima muito bom, agradável. Isso sempre me prendeu. Foi onde estudei e sempre trabalhei. Conheci a Belo Horizonte que ficava dentro da avenida do Contorno, com pouquíssimos bairros fora desse perímetro, e vi a cidade crescer e se tornar a metrópole que é hoje”, conta, com alegria.

Sinal verde: Cidade de cultura

“BH tem muitos atrativos, com muitas atividades culturais, museus, praças. Temos uma sinfônica que é respeitada e referência fora do Brasil. Desde o começo, Belo Horizonte é uma cidade voltada para a cultura”, comenta.

Sinal amarelo: Mais opções e espetáculos

“Apesar de ter muitas atividades culturais, acredito que ainda faltam mais opções e espetáculos teatrais. Além disso, há poucas exibições cinematográficas. As opções que existem são poucas. Quase não temos salas de cinema fora dos shoppings, como o caso do Belas Artes, o que dificulta muito para quem quiser assistir algum filme”, afirma.

Sinal vermelho: Mais presença do poder público

“Hoje nós temos uma insegurança muito grande para transitar em qualquer horário, seja à noite ou muito cedo. E essa insegurança atinge a todos, nas mais diversas regiões da cidade. Além disso, há a questão dos moradores de rua se estabelecendo em vários pontos da cidade. Há a necessidade de uma assistência, uma atitude por parte do poder público, de tirar essas pessoas dessa condição”, diz.

Comentários

Publicidade

LATERAL HOME 1 - Blog do PCO

Mais recentes

Publicidade

Your Ad Here

Publicidade

LATERAL BANNER - viver brasil