14 de dezembro, 2015 | Autor(a): Graziella Gianinni

Quando a gente aprecia os nossos caminhos

photo-1445762467354-d6c921f33b14

 

Quando a gente encontra razões certas, as coisas passam a fazer mais sentido. A gente se ilude a vida toda achando que o que a gente precisa é isso ou aquilo. E não, a gente não precisa passar por isso, mesmo!
Mas é preciso entender que o que a gente quer de verdade. Deixar a coisa mais clara, entende? Por mais confuso que pareça. Será que você já sabe?

Você sabe onde quer chegar, assim pode até ficar mais fácil. Mas como vai passar por este caminho?
Quando vai começar a caminhada e qual o trajeto quer fazer?

Pode parecer pouco importante, mas saber como pode fazer com que o fim chegue até mais rápido.
Mas quero dividir uma coisa importante, é fundamental a gente perceba os sinais que a vida os dá. Eles podem nos mostrar novos caminhos, podem nos dar novas ideias e mais ainda, nos fazer descobrir um mundo inteiro de possibilidades.

A ordem fica simples: você primeiro descobre qual o seu destino, em seguida traça um plano detalhado sobre como vai chegar até lá, começa sua jornada e aprecia cada minutinho do caminho percorrido. Fácil, não? A gente se distrai, eu sei, mas é muito bom olhar em torno… Já parou para pensar em todas as possibilidades que isso nos traz?

Eu sei, dizem que o primeiro passo é o mais complicado, o mais intenso e difícil, mas acredite em mim, não será o único. Encontre a sua razão e descubra o seu sentido, o seu ponto de conforto e deleite-se. Respire fundo e consiga perceber o que conquistou.

Muitos não conseguem perceber a linha de chegada quando passam por ela pois estão muito desesperados em busca do troféu. Não desperdice este momento.

Desapegue do “que” e garanta um “como” com qualidade. Caminhe um passo de cada vez, perceba cada pequena conquista e desfrute com mais intensidade da sua chegada ao ponto final.

Boa sorte na caminhada. Eu acabei de começar a minha!

Comentários