16 de junho, 2016 | Autor(a): Bruna Braga

Porto de Galinhas: destino multifacetado e paradisíaco em Pernambuco

Vila de Porto de Galinhas tem vários restaurantes e lojas (Fotos: Bruna Braga de Noronha)

Vila de Porto de Galinhas tem vários restaurantes e lojas (Fotos: Bruna Braga)

A apenas 49 km do Aeroporto Internacional do Recife, está Porto de Galinhas, um balneário paradisíaco com 18 km de belas praias e piscinas naturais, localizado no município de Ipojuca (PE). As mais famosas e visitadas são as de Porto de Galinhas (a mais próxima da vila), Cupe, Muro Alto, Maracaípe e Pontal de Maracaípe. O lugar é convidativo para o descanso e contemplação da natureza, seja em família, casal, amigos ou mesmo sozinho.

Os visitantes nacionais representam 70%, com destaque para os mineiros, pernambucanos e paulistas, de acordo com a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur). Mas a região já está familiarizada com o idioma espanhol, por conta dos argentinos, que representam quase 80% dos estrangeiros que visitam Porto de Galinhas, seguidos por chilenos e uruguaios.

Praia do Cupe: conforto e tranquilidade

Praia do Cupe: conforto e tranquilidade

A região se destaca pelo caráter democrático e tem opções de hospedagem e restaurantes para todos os gostos e bolsos. Para aqueles que gostam de circular a pé e preferem não gastar tanto, o ideal é ficar em uma pousada na vila. Assim, é possível ter fácil acesso a vários restaurantes e lojas de artesanato e de comidas típicas da região como o bolo de rolo.

Já aqueles que buscam a infraestrutura de hotéis e resorts, grande parte à beira-mar, as praias do Cupe e Muro Alto têm ótimas opções que oferecem serviço café da manhã ou meia-pensão. Vários inclusive disponibilizam cadeiras, mesas e espreguiçadeiras que são colocadas na praia para os hóspedes sem custo adicional. Escolha ideal para quem busca tranquilidade e silêncio.

Praia de Muro Alto: piscinas naturais formadas pela barreira de recifes

Praia de Muro Alto: piscinas naturais formadas pela barreira de recifes

Cupe tem 4 km de extensão e fica em uma região de mar aberto, mas nada que atrapalhe um banho de mar em suas águas quentes e transparentes, apenas é importante ficar de olho na maré e correnteza, que variam de acordo com o dia. Para aqueles que gostam de caminhar pela areia, é possível chegar em cerca de 20 minutos à vila de Porto de Galinhas, dependendo do ponto em que se está hospedado.

Muro Alto é conhecida pelas águas calmas e piscinas naturais devido à longa barreira natural formada pelos recifes, ideal para crianças e prática de esportes como o Stand Up Paddle, disponível para aluguel. É uma das mais afastadas da vila, a cerca de 9 km, e abriga grandes resorts como o Nannai e o Summerville.

Alguns passeios são imperdíveis, confira abaixo:

13418812_1058719107531978_2833330105870635855_n

Piscina natural com formato do mapa do Brasil: espetáculo da natureza

Piscinas naturais

Ficam na praia de Porto de Galinhas, a apenas 5 minutos de jangada e só são vistas quando a maré está baixa. Primeiro é feito uma caminhada sobre os recifes, sempre de sandália por causa dos ouriços, em uma área de preservação ambiental. Nela, é possível contemplar uma piscina natural com o formato do mapa do Brasil, além de vários peixes nadando em água cristalina. Depois, o jangadeiro continua o trajeto para as áreas permitidas para banho, onde os turistas se divertem ao nadar com os peixes coloridos. O custo é de R$ 20 por pessoa com duração aproximada de uma hora.

 

Passeio de jangada pelo Rio Maracaípe: conhecendo o mangue e mergulho no rio ao final

Passeio de jangada pelo Rio Maracaípe: conhecendo o mangue e mergulho no rio ao final

Bugue “de ponta a ponta”

É uma ótima opção para quem deseja conhecer diferentes praias. O trajeto passa pelas do Cupe, Muro Alto, Maracaípe e Pontal de Maracaípe. O roteiro dura três horas e sai a R$ 200 o bugue. Em Maracaípe, é possível fazer um passeio de jangada opcional que sai a R$ 20 por pessoa e atravessa uma parte do rio Maracaípe, rodeada por mangue, um verdadeiro espetáculo da natureza. O destino final da jangada é o Pontal de Maracaípe, onde o rio se encontra com o mar quando a maré está alta. Ainda sobra um tempinho para uma refrescada nas águas do rio.

Ecoassociados

Aqueles que gostam de saber mais sobre a fauna, vale a pena visitar a ONG EcoAssociados, que existe desde 1998, e realiza diversos trabalhos de conservação das tartarugas marinhas na região. Na sede, existe um pequeno museu didático com peças anatômicas reais e as visitações são realizadas todos os dias das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Hippocampus

Criado em Porto Alegre, em 1995, está instalado desde 2001 em Porto de Galinhas. A sala de visitação exibe aquários com cavalos, além de outros peixes e invertebrados representantes da fauna marinha pernambucana. A visitação é de terça-feira a sábado, das 9h às 12h50 e das 14h30 às 16h50.

Exposição temática de Carcará no centro da vila

Exposição temática de Carcará no centro da vila; esta é a versão da Monalisa

Ateliê do Carcará

O artista é bastante conhecido e tem várias obras de arte espalhadas por Porto de Galinhas, com destaque para as galinhas gigantes, feitas com troncos e raízes de coqueiros que ele encontra caídos na região. O ateliê fica aberto de terça a domingo, das 9h às 17h. Ele tem uma exposição no centro da cidade com galinhas que representam personalidades como a Monalisa (foto), Amy Winehouse, Charles Chaplin entre outros.

Nas proximidades, há vários outros destinos que podem ser visitados por passeios contratados ou de carro alugado. Destacamos a Praia dos Carneiros, que fica no município de Tamandaré, a 44 km de Porto de Galinhas, a Ilha de Itamaracá, no litoral norte de Pernambuco, a 105 km de distância, e Maragogi, em Alagoas, a cerca de 1h30 de Porto de Galinhas.

 

Alto da Sé, em Olinda: contraste entre a histórica Olinda e a parte moderna de Recife

Alto da Sé: contraste entre a histórica Olinda e a parte moderna de Recife ao fundo

Lembrando que Recife e Olinda também estão perto de Porto de Galinhas e podem ser incluídas no roteiro. Na capital pernambucana, vale a pena a visita à Praia de Boa Viagem, que apesar de ser proibido o banho, é muito limpa e tem ótima infraestrutura. Também é importante ir ao Recife Antigo, onde fica a parte histórica da cidade, o marco zero, vários museus interessantes, praças e belas construções. Para aqueles que não dispensam umas comprinhas, a Casa da Cultura, uma antiga prisão cujas celas viraram lojas de artesanato, é parada obrigatória. Recife também abriga a sinagoga mais antiga das Américas que é visitada por judeus de todo o mundo. Bem pertinho, está a histórica Olinda, que é palco de um dos carnavais mais famosos do país, cujas fachadas dos casarões e as belas igrejas são uma verdadeira volta ao período colonial. O Alto da Sé proporciona um contraste incrível: a histórica Olinda ao lado dos edifícios modernos da capital Recife.

Restaurantes que valem a visita

Peixe na Telha: www.peixenatelha.com.br

BarCaxeira: www.barcaxeira.com.br

Donna Gi: www.facebook.com/RestauranteDonnaGi

Beijupirá: www.beijupira.com.br

João Restaurante: www.facebook.com/joaorestauranteportodegalinhas

Sabores D’ Casa: www.facebook.com/Sabores-D-Casa-237421043135747

Passeios: www.luckreceptivo.com.br

Hotéis: www.portodegalinhas.org.br

*A jornalista viajou a convite da Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau e da Azul Linhas Aéreas, com apoio da Associação de Hotéis de Porto de Galinhas. 

Comentários

Publicidade

LATERAL HOME 1 - Blog do PCO

Mais recentes

Publicidade

Your Ad Here

Publicidade

LATERAL BANNER - viver brasil