9 de novembro, 2017 | Autor(a): Pedro Leone

Nas garras do Congresso

Temer sofre do mal que criou: precisa do Congresso para se manter, o mesmo que usou para se eleger

Dilma caiu por não ter controle sobre o Congresso. Sofreu o chamado golpe parlamentar, baseado na tese de quem manda no Brasil são os nossos deputados. De fato são, como o próprio Temer confirmou, ao comprar todos eles pra escapar de ser investigado pelo Supremo.

Temer sempre teve o controle do Congresso, e por isso foi capaz de convencer os donos do país de que o melhor era depor um governo ruim para colocar outro pior, desde que mantivesse os privilégios da nobreza política. Só que cada vez mais, é difícil gostar de Temer. Presidente com maior rejeição do mundo, Temer agora entra na mesma espiral de quem segue essa mesma tese: o buraco sem fundo do parlamento brasileiro. Ao dar carta branca para Temer, o Congresso considera sua dívida paga, e para aprovar as próximas medidas do presidente, colocam um novo preço na prateleira.

E aí chegamos no ponto do ovo e da galinha. Para manter a mão dos nobres deputados molhada, Temer precisa reformar a Previdência, para irrigar os cofres do governo e manter a verba-propina. Mas para aprovar a Reforma, precisa manter a mão dos deputados molhadas.

Claro que precisamos reformar o sistema previdenciário brasileiro que é super ultrapassado e tira a saúde de milhares de cidadãos que lutam pra sobreviver a ele. Mas é desesperador ver que a motivação da reforma passa longe de melhorar a vida de qualquer um que não os próprios políticos. A tese de déficit já foi provada que é mentira, pela própria CPI que a auditou. E os mesmos deputados que votarão contra a reforma são os mesmos que votariam a favor, se meia dúzia de emendas parlamentares fossem novamente aprovadas para os seus já abarrotados gabinetes.

E em 2018, mais uma vez, estaremos ocupados demais decidindo qual presidente representa nossa opinião sobre qualquer assunto irrelevante, enquanto a Câmara e o Senado renovam seus mandatos para seguir mandando no país.

Comentários

Publicidade

LATERAL HOME 1 - Blog do PCO

Mais recentes

Publicidade

Your Ad Here

Publicidade

LATERAL BANNER - viver brasil