9 de maio, 2016 | Autor(a): Graziella Gianinni

Metas e objetivos claros: desapegue de métodos prontos

sentido

 

É preciso eleger alguns objetivos reais de vida para buscá-los com mais afinco. A gente, quando sabe bem o que quer, percebe com mais clareza e chega com mais foco. Você tem seus objetivos claros?

Pense comigo: você está caminhando do jeito que a vida te leva, ou tem traçado aonde quer chegar a sua cabeça? Tudo bem, em alguns momentos a gente precisa mesmo se deixar levar, pegar a onda e seguir enquanto ela empurra a gente, mas até quando?

Com metas claras fica mais prático traçar o caminho, entender que tipo de suprimentos vamos precisar e, até mesmo, determinar um prazo para que isso se conclua. Encontramos por aí uma centena de milhares de métodos ultra-super-master poderosos que prometem mágicas na sua vida. Mas será que não é interessante você construir o seu próprio método?

Confesso aqui que meu combustível na vida são meus sonhos, aqueles descabidos e também os mais racionais. Mas para que eu faça a divisão dos sonhos malucos e dos que palpáveis preciso deixar claro comigo mesma o que preciso fazer para chegar até eles. É aí que entram as minhas metas.

As metas ajudam a esclarecer se temos bagagem demais, expectativa de menos, ideias a mais, gente sobrando ou faltando. Elas nos permitem ter “a visão além do alcance” (me desculpem a paráfrase, Thundercats…) e com isso deixar nosso caminho mais leve e florido, quando necessário.

Desapegue das amarras da vida e escreva você mesmo o caminho que quer seguir. Trace a lápis, risque, rabisque, apague, rasgue a página. O livro é seu e pode conter o que você quiser. TUDO o que quiser!

Comentários