1 de setembro, 2017 | Autor(a): Maíra Leni

Juliana Grillo

Na ponta dos pés!
Bailarina, professora de dança, promotora de eventos e sócia diretora da MultiCult. Esses são alguns dos atributos de Juliana Grillo, diretora do CASACOR Minas, que também é fundadora da Meia Ponta Cia de Dança. “Fui convidada para fazer parte do time da CASACOR Minas, para trabalhar na área comercial pela minha facilidade de gerenciamento de relações com os clientes. Passei a ser reconhecida como anfitriã do evento, devido à minha participação ativa em todas as etapas, da preparação até a desmontagem. Quando Ernesto Lolato quis sair da franquia em 2015, assumi seu lugar como diretora comercial”, conta.

Sobre sua relação com Belo Horizonte, Juliana conta do período que morou em Nova York, e da diferença que sentiu: “Morei alguns meses lá (Nova York), e era um ritmo dinâmico, agitado, com várias coisas acontecendo ao mesmo tempo. E sempre que viajo gosto de sentir as diferenças de cada lugar. Mas sempre que eu volto, eu tenho a certeza que BH é o meu lugar no mundo!”.

Sinal verde: Resistência artística

“Belo Horizonte pode se orgulhar dos artistas que possui, seja na música, no teatro, na dança, literatura. Apesar de todas as dificuldades enfrentadas, conseguimos ser um polo de cultura, com qualidade e originalidade, fora do grande eixo Rio-São Paulo. Apesar de tudo, fazemos com muito amor e orgulho”, celebra.

Sinal amarelo: Pra debaixo do tapete

“A cidade ainda carece de uma coleta coletiva de lixo, de um tratamento adequado de seus resíduos. E isso é algo tanto responsabilidade do poder público, em criar condições e incentivos, quanto das pessoas de terem consciência e iniciativa própria. Se houver essa mudança, que não é nada muito trabalhoso, todos ganham”, comenta.

Sinal vermelho: Invisibilidade social

“Cresceu muito o número de pessoas morando nas ruas, em situações de risco, de vulnerabilidade social. E algo precisa ser feito. Não é só uma questão de embelezar ou não a cidade, mas são vidas humanas, são pessoas que estão ali. E é preciso iniciativa, seja da sociedade seja dos governantes, para isso ser mudado”, cobra.

Comentários

Publicidade

LATERAL HOME 1 - Blog do PCO

Mais recentes

Publicidade

Your Ad Here

Publicidade

Your Ad Here