Navbar
2 de junho, 2017 | Autor(a): Guilherme Aroeira

Jovens empreendedores: criando negócios e oportunidades

Quem deseja ter sucesso nos dias de hoje, precisa se aventurar. É necessário não ter medo de buscar uma alternativa para as vagas de emprego escassas e a falta de opção no mercado de trabalho, e, por mais difícil que seja abrir um negócio, a possibilidade de um retorno a curto ou longo prazo é o que motiva seguir este caminho.

Aos 22 anos, Uiara Freitas é dona da própria marca e loja (Foto: Uiara Freitas/Divulgação)

Uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), em Janeiro de 2017 , constatou que mesmo com o país em crise econômica, dois em cada três jovens tem o sonho de empreender, abrindo seu próprio negócio. Ela revela ainda que quase 50% desses jovens se sentem realizados e felizes com a decisão tomada.

Aos 22 anos, Uiara Freitas é estudante de Direito, mas decidiu realizar o antigo sonho de ter sua própria marca de moda íntima Sua marca, “Uiara Intimates” partilha com as mulheres que as adquirem a essência do que realmente são: “Eu poderia vender roupas ou jóias, mas acredito que nada veste melhor uma mulher do que a lingerie certa”, conta. Recentemente, Uiara abriu sua loja física, no bairro Vila da Serra em Belo Horizonte, além de contar um time de revendedores e loja online.

As amigas e sócias Carolina Oliveira e Maria Fróis Coelho, da Selo Brechó (Foto: Selo Brechó/Divulgação)

O caso de Uiara não é o único em BH. Caracterizadas por um estilo visual diferente, baseado na tendência vintage, Carolina Oliveira (21) e Maria Fróis Coelho (22) são estudantes de moda da UFMG desde o ano de 2014. Juntas, criaram o Selo Brechó, um brechó online.Juntas, elas garimpam um pouco em outros bazares, reutilizam roupas já suas e com todo o cuidado fazem de suas peças especiais e exclusivas, inspiradas no estilo retrô, próprio das duas.

Segundo elas, é preferível investir na plataforma que mais tem atraído pessoas, que é a internet: “Desde o inicio a gente pretendia montar algo que fosse online, porque é prático, fácil, não exige um grande investimento e é principalmente, mais acessível para quem deseja comprar” diz Carolina.

Comentários

Publicidade

LATERAL HOME 1 - Blog do PCO

Mais recentes

Publicidade

Your Ad Here

Publicidade

LATERAL HOME 3 - Viver Brasil