Navbar
28 de setembro, 2017 | Autor(a): Redação TUDO BH

Ivan Lins participa da abertura da terceira edição do Festival Musimagem no CCBB

Foto: Leo Aversa/divulgação

O cantor Ivan Lins participa na noite de hoje, 28 de setembro, às 19h30, da abertura da terceira edição do Festival Musimagem, primeiro festival dedicado exclusivamente à música para a imagem. A noite também será marcada pela entrega do Troféu Remo Usai Musimagem Brasil 2017.

Outro destaque deste ano no festival é a presença do compositor americano Laurence Rosenthal, na sexta, 29, responsável por trilhas de filmes Cult como “Becket”, blockbusters como “Meteoro” e “Fúria de Titãs”. Além de séries estilo superprodução como “O Jovem Indiana Jones”, trabalhando com George Lucas eSteven Spielberg durante as três temporadas, “A Ilha da Fantasia”, entre outras. O evento, patrocinado pelo Banco do Brasil, contará com concertos, workshops, palestras, debates, mostras e grupos de trabalho.

Todas as atividades são gratuitas. Para atrações que acontecem no Teatro I é necessário retirar senha de acesso com uma hora de antecedência. Já as inscrições para grupos de trabalho, workshops, palestras e mesa de debate que acontecem no Teatro II devem ser realizadas por meio do sitefestival.musimagembrasil.com.

Sobre a Musimagem Brasil:
A Musimagem Brasil é a Associação Brasileira de Compositores de Música para Audiovisual.
O objetivo principal da associação é revelar ao público, dar destaque e valorizar o papel do músico que compõe para o audiovisual, o que o torna co-autor da obra final.
Fundada em 2008, a Musimagem Brasil tem diversos projetos culturais e eventos musicais em desenvolvimento, e encontra-se em constante crescimento.

Programação:

28/9 (Quinta-Feira) – Abertura do Festival

19h30 – Teatro I

Concerto dos Associados da Musimagem Brasil e entrega do Troféu Remo Usai Musimagem Brasil 2017

Entrega do prêmio ao ganhador deste ano, o compositor Waltel Branco.

“Waltel Branco, maestro, arranjador e instrumentista (Paranaguá, 22/11/1929) compositor erudito e popular, ajudou a criar as estéticas da MPB, Bossa Nova, Jazz-Samba e Jazz-Fusion desde os anos 50. Lançou mais de 20 discos, cultuados pelas experimentações e virtuosismo, sendo o álbum Meu Balanço um dos discos com cotação mais alta do mundo em bancas de colecionadores segundo sites como Discogs. Foi arranjador, compositor e diretor musical das trilhas de novelas e vinhetas da rede Globo por quase três décadas, dentre elas, Irmãos Coragem, Escrava Isaura, O Bem Amado, Selva de Pedra e aberturas de Jornal Nacional, Os Trapalhões, Sitio do Pica Pau Amarelo, alem de festivais e especiais musicais da emissora, tendo ajudado a criar a imagem da musica brasileira que correu o mundo em mais de 100 países através de novelas e filmes.” (Manoel J de Souza Neto)

(Distribuição de senhas uma hora antes)

Participação dos músicos:

Gilson Peranzzetta

Ivan Lins

Ricardo Leão

Rodrigo Marsilac

Marion Lemonnier

Alberto Rosenblit e Zé Neto

Noel Fernandes

Marcos Kuzka

Comentários