29 de fevereiro, 2016 | Autor(a): Graziella Gianinni

Coisas divertidas para fazer na vida

photo-1430932670556-d0002ea51b33

A gente acorda cedo, levanta em um pulo da cama e dá o start na rotina. Não é diferente pra maioria das pessoas que trabalha com horários fixos. Mas a gente chega em um ponto em que o piloto automático toma conta e não percebemos as coisas gostosas da vida. Para te ajudar (e a mim também), resolvi fazer uma listinha amiga com dicas mágicas para que a vida fique mais leve. Te garanto que funciona. Vamos a ela?

1. Vista roupas confortáveis
Eu sei, nem sempre dá. Mas se não tem reunião, encontro com o boy (ou a gata), programa importante, vale colocar aquela calça soltinha e uma blusa gostosa. Ah, isso vale pro sapato também. Não deixe de conferir na agenda como está a programação do seu dia para não pagar mico!

2. Caminhe
Não é daquela caminhada do fim de semana que estou falando e sim da caminhada do dia a dia. Saia do trabalho e vá a pé até onde aguentar. Ande sem rumo. Preste atenção nas pessoas, nos caminhos, nas vitrines, nos carros. Avalie as coisas com um olhar felino e absorva o que puder.

3. Tome chuva
Quando criança eu me esbaldava na chuva quando minha mãe deixava. Hoje sou independente no quesito chuva e posso tomar quando bem entender. Se o dia de trabalho foi tenso e deu aquela chuvinha macia que tanto gosta de cair as 18h, nem abro a sombrinha. Trato de guardar bem os meus óculos, deixar tudo bem fechadinho na bolsa e sigo meu caminho tranquila na chuva. É de lavar a alma!

4. Sente em uma praça
Antigamente este costume era usual. Hoje a gente logo pensa “esse aí deve ter tempo de sobra!”. É meu amigo, isso é recalque! Fica aí morrendo de inveja do tempo de sobra do coleguinha enquanto deveria ser você a aproveitar. Pois bem, aproveite. Pegue seu livrinho, encontre uma pracinha que lhe agrade, separe um espacinhe e pronto. Vai ser feliz (e tranquilo) por lá.

5. Encontre sua díversão
Adora cozinhar? Jogar vídeo-game, organizar coisas, correr, ler… Não interessa! Busque o que essencialmente te dá prazer e use-a como sua válvula de escape. Vai perceber como isso vai ser mais valioso que terapia.

A lista é gigante, eu sei. Eu só comecei a escrevê-la. Quer me ajudar? Deixe nos comentários o que diverte você. Tô curiosa!

Comentários