27 de setembro, 2017 | Autor(a): Agência Minas

CICC Móvel reforça segurança de mais de 60 mil torcedores na Final da Copa do Brasil

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Mais de 60 mil torcedores cruzeirenses e flamenguistas que acompanham a decisão da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (27/9), no Mineirão, contam com o reforço da superestrutura de segurança do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICC Móvel), que irá contribuir com as ações de segurança durante a disputa pelo título.

O CICC Móvel é uma espécie de carreta com tecnologia de ponta, que possui estações de trabalho, acesso à internet e câmeras de grande alcance, possibilitando o acesso aos diferentes sistemas de segurança e auxiliando na tomada de decisões rápidas e estratégicas, de forma integrada. A estrutura será instalada às 18h, na Praça Francisco de Assis, próximo à Igrejinha da Pampulha, onde permanecerá até a finalização do evento.

No local, trabalharão, de forma conjunta e articulada, representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil, Guarda Municipal de Belo Horizonte, Sistema Socioeducativo, Sistema Prisional, Coordenadoria de Integração de Inteligência de Segurança Pública da Sesp- CIISP, BHTrans, Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e do sistema de fiscalização da Prefeitura de BH.

A ação é coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), por meio da Comissão de Monitoramento da Violência em Eventos Esportivos e Culturais (Comoveec).

O coordenador estratégico da Subsecretaria de Integração da Sesp, Leandro Almeida, que integra a comissão, conta que com o CICC Móvel “é possível realizar o acompanhamento do evento através de imagens do sistema de videomonitoramento, propiciando a solução imediata de problemas e imprevistos que possam comprometer a segurança e a mobilidade de motoristas e transeuntes”.

Na estrutura será concentrada a recepção de todas as informações do perímetro, e imagens do entorno do Mineirão, que serão transmitidas internamente e distribuídas às instituições envolvidas, incluindo o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), instalado na Cidade Administrativa, e o Centro de Operações da Prefeitura de Belo Horizonte (COP-BH).

Para permitir que a partida ocorra com tranquilidade, o efetivo das polícias civil e militar e do Corpo de Bombeiros também será reforçado no entrono do Gigante da Pampulha e na capital.

Comentários