31 de julho, 2017 | Autor(a): Guilherme Aroeira

Adriana Machado

(Foto: Pedro Vilela / Agencia i7)

A sociodiretora da Tom Comunicação, Adriana Machado, tem uma longa história com a cidade. Nascida em Belo Horizonte, Adriana é publicitária, formada pela PUC Minas, e mestre em administração e gestão estratégica de marketing pela UFMG. “Gosto de dizer que fui criada, educada e formada na minha terra. Me sinto orgulhosa por isso”, comenta.

Ela conta que, no Brasil, nunca morou em outra cidade. “Acho BH muito completa. Além de minha família toda ser daqui, não temos nada a perder em relação a outras cidades ou estados.” Porém, quando mais jovem, fez intercâmbio no Canadá por um ano. “Eu sentia muito as diferenças entre aqui e lá. Sentia falta do clima, que é muito agradável, da culinária, que é maravilhosa e única, da cultura e das pessoas. A minha terra é BH”, enfatiza.

Sinal verde: Originalidade na cozinha

“Gosto da gastronomia, tanto pela qualidade quanto pela variedade de opções. Temos restaurantes que vão desde os mais sofisticados e inovadores até a comida de raiz, com nossos bares e botequins. Nossa manifestação culinária é muito original”, destaca.

Sinal amarelo:  Civilidade em falta

“Belo Horizonte vive uma série de contrastes entre regiões. Ao mesmo tempo em que temos partes com pessoas e lugares muito acolhedores e amigáveis, muito receptivos, há outros em que não vemos esse mesmo sentimento, como se não fosse a mesma cidade”, lamenta.

Sinal vermelho: Trânsito sem gentileza

“O trânsito em BH é um problema, isso todos nós sabemos, mas não só pelo excesso de veículos. Somos motoristas muito agressivos, mal-educados, abusados. Pessoas que veem de fora e que vivem aqui mesmo. Somos desatentos com o pedestre, impacientes. No trânsito, está faltando gentileza”, cobra.

Comentários

Publicidade

LATERAL HOME 1 - Blog do PCO

Mais recentes

Publicidade

Your Ad Here

Publicidade

Your Ad Here