Navbar
Tudo BH
31 de agosto, 2016 | Autor(a): Dennyse Bacelete

8 comidas que você não pode deixar de provar

Chicken tikka masala (Foto: Wikipedia)

Chicken tikka masala (Foto: Wikipedia)

1 – Frango tikka massala: este prato, muito consumido na Grã Bretanha, apresenta traços típicos culinária hindu e leva uma infinidade de especiarias (cerca de 16), como é de praxe naquele país e por isso mesmo essa receita tem sabor único.

2 – Goulash: o prato mais popular da Hungria, mas também muito consumido na Áustria, é um cozido de carne bovina, carregado de páprica. Aquele tipo de comida confortável quando queremos aconchego no estômago, mas com muito sabor.

Sanduiche pastrami do restaurante Katz’s Deli (Foto divulgação)

Sanduiche pastrami do restaurante Katz’s Deli (Foto divulgação)

3 – Pastrami com pão de centeio: o pastrami é uma carne bovina curada com sal e especiarias, defumado, e cozida no vapor. Este processo garante uma textura única e um sabor inigualável. Fatiado e colocado no pão de centeio, o pastrami compõe o sanduíche mais famoso do restaurante Katz’s Deli, Nova York.

4- Patinhas de rã empanadas e fritas: para aqueles que torcem o nariz quando ouvem falar a palavra “carne de rã”, eu sugiro que experimentem primeiro, começando pelas patas. Com sabor muito parecido à carne de frango, a carne de rã é super macia e saborosa. Bora quebrar essa resistência?

Som Tam, salada thai de papaia verde (foto: Dennyse Bacelete)

Som Tam, salada thai de papaia verde (foto: Dennyse Bacelete)

5 – Som tam: a salada mais popular da Tailândia tem um sabor agridoce que explode na boca. Apresentando versões diferentes conforme a região do país, possui três ingredientes que nunca diversificam: o mamão verde – sim, ele mesmo, é uma delícia, o nam plá, molho fermentado de peixe típico da comida thai, e a pimenta dedo de moça. Uma delícia!

6 – Po’Boy: Sanduíche de camarão “pipoca”, vendido como a perfeita combinação de frutos do mar frescos, pão macio, salada crocante e molho picante. Reza a lenda que em 1929, durante a crise, várias greves aconteceram, o que deixou os trabalhadores com pouquíssimos recursos para sobreviver. Então os irmãos Benny e Clovis Martin, proprietários do Martin’s Bros. Restaurant decidiram criar um sanduíche barato, que alimentasse o povo. Originalmente, foi criado apenas com pão, presunto, queijo, alface, tomate e picles. Os sanduíches eram distribuídos gratuitamente a ganharam este nome como uma abreviação de “Poor Boy Man”.

Jambalaya, comida típica Creole (foto: Dennyse Bacelete)

Jambalaya, comida típica Creole (foto: Dennyse Bacelete)

7 – Jambalaya: A Jambalaya é uma comida típica e tradicionalíssima de New Orleans. Inspirado na paella espanhola, o prato leva arroz, carnes diversas e vegetais. Quando utiliza molho de tomate o Jambalaya é considerado Creole. Se não levar molho, é tipicamente Cajun.

Croque Monsier e Croque Madame (Foto: Dennyse Bacelete)

Croque Monsier e Croque Madame (Foto: Dennyse Bacelete)

8 – Croque monsier: Este sanduíche incrível teve origem na França, precisamente num café parisiense e já foi citado até no livro À l’ombre des jeunes filles en fleurs (1919) de Marcel Proust. É o “primo rico” do misto quente, que também usa pão, presunto e queijo, mas a técnica de grelhá-lo na frigideira e depois leva-lo ao forno num aparelho específico fazem toda a diferença.  Além disso, os franceses trocam o pão de forma por pães artesanais de fermentação natural, a mozarela por queijo Emmental e ainda usam mostarda de Dijon e molho bechamel no recheio. Como se não bastasse esta exuberância toda, ainda criaram uma versão ainda mais saborosa deste sanduíche: é o Croque Madame, que leva um ovo estrelado por cima. Um exagero de gostosura!

Comentários