Navbar
8 de junho, 2016 | Autor(a): Dennyse Bacelete

5 equipamentos de cozinha que são o sonho de todo cozinheiro

Todo mundo que ama cozinha tem sempre uma lista de acessórios, ingredientes e equipamentos dos sonhos, não é verdade? Perguntei a 20 cozinheiros, entre amadores e profissionais, quais acessórios de cozinha que fazem ou fizeram parte do seu sonho de consumo na cozinha deles e os 5 itens abaixo foram unanimidades.

Panela Staub

Caçarola de ferro esmaltado Staub (foto: divulgação)

Caçarola de ferro esmaltado Staub (foto: divulgação)

O primeiro sonho de consumo de 10 entre 10 cozinheiros. Toda feita em ferro fundido esmaltado – liga de ferro rica em carbono e recoberta de esmalte constituído principalmente de vidro, as panelas da marca francesa são das mais utilizadas entre os chefs mais famosos do mundo todo. É um dos materiais que melhor retém o calor, distribuindo-o de forma perfeitamente homogênea. O ferro fundido esmaltado retém igualmente o frio, bastando colocar as suas preparações na geladeira ou freezer antes de servir. Também vai diretamente do fogão para o forno, para finalização de preparações.

Com preços a partir de 420,00 reais a menor (14 cm de diâmetro), podendo chegar a 1300,00 a de 33 cm. Ou seja, montar um jogo de panelas completo da marca Staub não é para todos. No meu caso, tenho 3 que atendem necessidades específicas minhas.

Batedeira Kitchenaid

Batedeira planetária Ktchenaid (foto: divulgação)

Batedeira planetária Ktchenaid (foto: divulgação)

Outro grande sonho de consumo dos cozinheiros. Muito mais do que uma simples batedeira, é um ícone de design e performance no mundo inteiro. Com conexão para os diversos acessórios opcionais, você pode moer, fatiar, triturar, fazer massas, sorvete e muito mais. Com comandos simples e intuitivos, a batedeira oferece robustez e durabilidade, já que tem corpo todo de metal, além de design exclusivo e cores incríveis. O motor possui grande potência para produzir misturas mais uniformes. Além disso, vem com 3 batedores diferentes, o globo, para preparações leves como merengue e chantilly, a raquete, para massas moles, e o gancho, para massas pesadas, como pães, por exemplo.

Com tudo isso a batedeira não poderia ser baratinha, não é verdade? O preço desse brinquedinho gira em torno de nada mais, nada menos, 2900,00 reais. Mas aí vem a vantagem: uma Kichenaid, se bem cuidada, dura uma vida e ainda fica de herança para os filhos.

Mandoline

Mandoline Oxo (foto: divulgação)

Mandoline Oxo (foto: divulgação)

A pesar de existirem mandolines de todo formato, tamanho, cor e marca, os de aço inox são, sem dúvida, os mais procurados pelos cozinheiros profissionais ou amadores. Isso devido sua durabilidade e precisão nos cortes. Mas o acessório não é brinquedo para qualquer um, já que possui lâminas afiadíssimas capazes de fazerem estragos permanentes. Por isso, os mandolines importados são sempre os preferidos de quem leva cozinha a sério. Você encontra o Super Pro da marca francesa Bron Coucke lá fora a partir 115,00 euros (cerca de 450,00 reais), no Brasil varia entre 790,00 a 1.100,00 reais. Já o da marca Oxo, pode ser encontrado no Brasil a partir de 250,00 reais. Este é um acessório indispensável para quem quer fazer legumes com espessura e tamanho uniformes, compondo uma apresentação perfeita!

Máquina de macarrão

Máquina de macarrão manual da Marcato (foto: divulgação)

Máquina de macarrão manual da Marcato (foto: divulgação)

Mais um acessório queridinho, sobretudo para os cozinheiros. E quem não gosta de fazer e, principalmente, saborear uma massa caseira. Menu garantido nos encontros de amigos e família, a massa de macarrão pode se tornar um pesadelo para quem não tem tanto tempo disponível na produção. Mas com uma máquina própria tudo fica mais fácil. Ela abre perfeitamente a massa em grossuras diferentes, da mais grossa à mais fina. Faz tipos de corte de massas diferentes também, lasagna, tagliarine, fetuccine, espaguete, algumas fazem até raviólis. Alguns modelos vêm com motor elétrico, enquanto outros mais simples são manuais, funcionam com o girar de um gancho. É essencial que sejam feitas em aço inox, que é extremamente durável.

O preço da máquina da marca Marcato, uma das mais populares por aqui, gira em torno de 450 reais a manual e 800 reais ou mais a máquina com motor elétrico.

Facas do chef

Faca do chef da marca Zwilling (foto: divulgação)

Faca do chef da marca Zwilling (foto: divulgação)

Este talvez seja o acessório mais importante para todo chef. Pense bem, na falta de um ralador, um mandoline, um martelo de carne, um abridor de latas, você usaria o quê? A faca, claro! Mas, fale a verdade: tem coisa pior que cozinhar com faca cega? Faca de lâmina fina que enverga ao ser forçada contra o alimento? Não, não tem. Por isso todo cozinheiro de verdade precisa de uma faca boa de verdade, e entenda que faca boa é aquela que lhe oferece uma lâmina de aço inox com espessura de cerca de 2 milímetros e não flexível. A pegada também é importante, por isso o cabo precisa ser ergonômico e antiderrapante, para dar firmeza e segurança para quem está manuseando. As facas profissionais são confeccionadas em aço inox especial de altíssima qualidade, que garantem o menor desgaste possível. A faca mais utilizada pelos chefs é a de 8 polegadas, no entanto, as pequenas para descascar legumes e frutas também são muito procuradas.

Dos modelos importados, um dos mais vendidos é da marca Zwilling, cujo preço gira em torno de 250 reais. Mais usada nas cozinhas comerciais, a faca Century da Tramontina custa mais ou menos 200 reais.

Facas Century, Tramontina (foto: divulgação)

Facas Century, Tramontina (foto: divulgação)

Comentários