16 de agosto, 2017 | Autor(a): Guilherme Aroeira

Adolpho Resende

Adolpho Resende. (Foto: Pedro Vilela/Agencia i7)

Adolpho Resende, publicitário, diretor de novos negócios da RC Comunicação e atual diretor-secretário da Fenapro, é um cidadão apaixonado por sua cidade, como ele mesmo conta: “Gosto de tudo que envolve Belo Horizonte: a cultura, a geografia, as pessoas. Morei em Brasília entre 1999 e 2002, mas sempre vinha pra cá nos finais de semana. Não me vejo morando em outra cidade sem ser essa.”

Questionado sobre porque não trocaria BH, Adolpho responde : “Nós temos uma questão muito peculiar, que é essa proximidade nas relações. Você conhece alguém hoje, e na semana seguinte você sai com essa pessoa pra um bar, almoça na casa dela, faz amizade com os amigos dela. Belo Horizonte cresceu muito nas últimas décadas, é uma das maiores capitais do Brasil, mas ainda mantém muito dessa característica, que é muito forte no interior mineiro ainda. O que é ótimo.”

Sinal verde: Atrações para todos os gostos e públicos

“Belo Horizonte é a capital dos bares, e tem diversas opções gastronômicas, cervejarias, para todo e qualquer público, em qualquer região da cidade. E além disso, a cidade tem parques, museus, teatros, centros e atrações culturais, como o Circuito Liberdade, a Lagoa da Pampulha, o Parque das Mangabeiras”, comenta.

Sinal amarelo: Trânsito mais inteligente

“É até um assunto batido, falar apenas que o trânsito em BH é complicado, como é em muitas cidades. Porém, um dos pontos que merece atenção é uma engenharia de trânsito mais eficiente, pensada conforme a necessidade da via, do horário, e da cidade em si. Ninguém gosta de ficar preso horas no trânsito”, salienta.

Sinal vermelho: Agressividade desnecessária

“Cartão vermelho pra falta de gentileza urbana, especialmente no trânsito. O belo horizontino é receptivo, caloroso, mas no trânsito ele tem ficado muito agressivo, irritado, faltando com o respeito ao pedestre, aos outros motoristas, até com as leis em alguns casos. E mudar essa postura é algo que deve partir dos próprios cidadãos”, cobra.

Comentários

Publicidade

LATERAL HOME 1 - Blog do PCO

Mais recentes

Publicidade

Your Ad Here

Publicidade

Your Ad Here